Concurso de Monografias

CONCURSO DE MONOGRAFIAS MAÇÔNICAS “JOSÉ BONIFÁCIO”

Criação – clique aqui

REGULAMENTO DO CONCURSO DE MONOGRAFIAS MAÇÔNICAS DO GRANDE ORIENTE DE SÃO PAULO

O Pod Ir:. VALTER SERGIO DE ABREU, Grande Secretário de Cultura e Educação Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo, no exercício de suas atribuições legais, e de conformidade com as deliberações do Eminente Grão Mestre, Ir Benedito Marques Ballouk Filho, regulamenta o Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo, criado pelo Decreto 277/2007-2011, de 10 de julho de 2008.

TEMA

1- O concurso ocorrerá em 2008 com o tema “Participação da Maçonaria nos destinos políticos da Nação Brasileira”.

DOS PARTICIPANTES

2- O Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo destina-se a Maçons regulares, filiados ao Grande Oriente de São Paulo.

3- Não poderão participar do Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo os Maçons ocupantes de cargos nas administrações do Grande Oriente de São Paulo, ou que sejam seus funcionários, bem como os membros da Comissão Julgadora.

DA COMISSÃO JULGADORA

4- Para julgar as monografias concorrentes, o Grande Secretário de Cultura e Educação Maçônicas, designará uma Comissão Julgadora formada por 10 (dez) Mestres Maçons com reconhecido saber maçônico.

a. À Comissão Julgadora será dado um prazo de 30 (trinta) dias para a avaliação dos trabalhos.

b. A decisão da Comissão Julgadora será soberana, não cabendo contra ela quaisquer recursos.

c. Concluídos os trabalhos e divulgados os resultados do Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo, a Comissão Julgadora tornar-se-á automaticamente extinta.

DAS MONOGRAFIAS E PREMIAÇÕES

5- As monografias deverão apresentar enfoques inéditos em relação ao tema escolhido.

6- Será destinada premiação às 3 (três) primeiras e melhores monografias, prêmios, assim distribuídos:

1º Lugar ……………………………………… Notebook

2º Lugar ……………………………………… Notebook

3º Lugar ……………………………………… Notebook EEPC

a. Em nenhuma hipótese o Prêmio será fracionado, devendo a Comissão Julgadora decidir por uma obra concorrente, em caso de empate.

DAS INSCRIÇÕES E DOS TRABALHOS

7- As monografias deverão ser entregues, pelo autor ou pessoa por ele credenciada, com o pedido de inscrição, até as 18h00 (dezoito) horas do dia 17 de outubro de 2008, na Biblioteca da sede do Grande Oriente de São Paulo, situado na Rua São Joaquim, 457 – São Paulo – SP, ao responsável pelo protocolo de recepção, ou postada com 48 (quarenta e oito) horas de antecedência na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, por meio de SEDEX-10, em envelope padronizado da ECT, assinalando como remetente o pseudônimo adotado pelo autor e como endereço do remetente o da agência em que foi postado, após o que, receberá da Coordenação do Concurso uma declaração que valerá como protocolo de participação no certame.

a. A inscrição ao Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo será processada de uma só vez, e deverá a ficha de inscrição estar devidamente preenchida e acompanhada dos seguintes elementos:

I. Apresentação do trabalho – completo – em meio digital, .doc ou .pdf, preferencialmente o segundo, e em mídia gravável (disquete, zipdisk, CD-ROM);

II. 03 (três) vias impressas – em original -, contendo todo o teor da monografia, que deverá ser igual ao teor da versão digital.

III. Para efeito de sua identificação, o autor deverá enviar, dentro da sobrecarta que contiver os originais da monografia, um envelope de cor parda e opaca, tamanho meio-ofício, trazendo sua Inscrição que deve conter: a) o nome completo do autor; endereço residencial; telefones; e-mail; titulo da obra; pseudônimo usado; a certificação de regularidade passada pela Loja e cópia do CIM – Cadastro Individual Maçônico; e as informações curriculares que julgar necessárias.

IV. O envelope (pardo) deverá ser lacrado pelo remetente e conterá na parte externa somente as informações exigidas pelo item 13 deste Regulamento.

8- Não serão aceitas, em qualquer hipótese, trocas, alterações, inserções ou exclusões de parte ou de toda a monografia após sua entrega.

9- Será admitida a inscrição de mais de uma monografia, apresentada em língua portuguesa, por um mesmo concorrente, desde que seja incidente sobre tema do certame, distintos, entretanto, de outro(s) apresentado(s) no Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo, observando-se para cada um dos trabalhos as disposições deste Regulamento e normas complementares, sendo vedada a participação de trabalhos em co-autoria.

10- Serão consideradas inabilitadas ao concurso as inscrições que contrariarem em todo ou em parte as disposições deste Regulamento e de suas normas complementares.

11- As monografias deverão estar contidas em no mínimo 10 (dez) páginas e no máximo 30 (trinta) páginas, devidamente numeradas, sem rasuras, emendas ou ressalvas; e, gravadas e impressas, em seu todo, na língua portuguesa, utilizando como fonte padrão o tipo Time New Roman, tamanho 12, com no mínimo 27 (vinte e sete) e no máximo 30 (trinta) linhas por página, com espaçamento interlinear de 1,5 (um e meio) e margens superior de 2,5 cm (dois e meio centímetros), inferior de 2,0 cm (dois centímetros); com margem esquerda de 2,5 cm (dois e meio centímetros) e direita de 2,0 cm (dois centímetros), em folhas de tamanho A-4 (21,0 x 29,7 cm).

a. A Ficha de Inscrição deverá conter tão somente o pseudônimo do autor, se for o caso, sendo vedado qualquer outro tipo de identificação direta ou indireta.

b. Obrigatória a indicação da bibliografia consultada ou referida, de acordo com as normas da ABNT, a qual não será considerada na fixação do número de laudas exigidas no item 12.

c. As citações utilizadas no texto deverão igualmente seguir as normas da ABNT em vigor no País.

ABERTURA DOS ENVELOPES

12- O envelope (pardo) de que trata item “8 a iii”, deverá trazer sobrescrito: Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo; Ano da Edição; Título da Obra; e Pseudônimo do Autor.

13- Às 20h00min (vinte horas) do dia do encerramento do prazo de inscrição para o Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo, respectivo, reunir-se-á, na Biblioteca da Sede do Grande Oriente de São Paulo, a Subcomissão designada pelo Presidente da Comissão Julgadora, para receber as monografias apresentadas e apreciar o aspecto formal de suas apresentações, que consiste em:

a. Verificar o cumprimento formal dos requisitos estabelecidos neste Regulamento;

b. Pertinência do trabalho apresentado com a temática do certame.

14- Serão de plano, indeferidos e eliminados sem apreciação no mérito os trabalhos que não atenderem as condições, especialmente quanto a forma, estabelecidas neste Regulamento.

DO JULGAMENTO DE MÉRITO

15- A Comissão Julgadora deliberará sobre o mérito dos trabalhos, tendo como parâmetro:

a. Aplicabilidade: utilidade e mérito do conjunto das conclusões apresentadas e de eventuais linhas de propostas;

b. Conteúdo: coerência do tema proposto com o conjunto de evidências que levam às correções ou ratificações das informações existentes;

c. Linguagem: correção da linguagem, objetividade, concisão e estilo;

d. Fundamentação: argumentação fundamentada em fatos históricos, legislação, trabalhos científicos e doutrina sobre o tema, com indicação da fonte.

e. Seqüência lógica: a observância de coerência entre os argumentos atos e fatos apontados ou apresentados.

16- A Comissão Julgadora poderá ser subdividida para fins de análise dos trabalhos em até cinco (5) Subcomissões de três membros cada uma, sendo que serão considerados finalistas os dois melhores trabalhos apreciados em cada subcomissão.

a. A avaliação de cada monografia pela Comissão Julgadora ou das Subcomissões Julgadoras será representada pela soma da pontuação emitida pelos respectivos membros a cada um dos quesitos de avaliação, em numa escala de valores de 0,0 (zero) a 10,00 (dez), sendo que da soma das avaliações se obterá a média aritmética, que indicará a pontuação final obtida, em cada etapa.

17- São critérios de desempate:

a. A maior média final obtida no quesito conteúdo;

b. A maior média final obtida no quesito fundamentação;

c. A maior média final obtida no quesito seqüência lógica;

d. Persistindo o empate, a escolha se dará por deliberação da respectiva Comissão Julgadora, em votação secreta, pelo voto singular da maioria de seus membros.

18- O Grande Secretário de Cultura e Educação baixará instruções quando ao calendário das etapas do Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo.

19- Os prêmios poderão deixar de ser concedidos, caso a Comissão Julgadora, conclua não haver monografias merecedoras de premiação.

DO RESULTADO E ENTREGA DOS PRÊMIOS

20- Tão logo conclua os trabalhos de análise das monografias a Comissão Julgadora se reunirá em sessão pública para a totalização das avaliações apresentadas, e logo em seguida para identificação dos autores com a abertura dos envelopes (pardos) contendo as fichas de inscrição.

21- O resultado do concurso será comunicado aos candidatos por meio do site www.gosp.org.br e aos autores premiados por via eletrônica;

22- Os prêmios serão entregues solenemente em São Paulo – SP, na sede do Grande Oriente de São Paulo.

23- A cada um dos concorrentes e suas respectivas lojas serão entregues certificados de participação.

DOS DIREITOS AUTORAIS E DA ACEITAÇÃO DAS CONDIÇÕES DO CONCURSO

24- Os direitos autorais relacionados às monografias apresentadas ao Grande Oriente de São Paulo, via participação no Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo, passam a integrar o acervo de seu patrimônio cultural, reservando-se aos autores o direito de também de publicá-las em todo ou em parte e em língua portuguesa; e ao Grande Oriente de São Paulo todos os direitos de veiculação, por qualquer meios, métodos e formas, inclusive proceder a suas traduções para qualquer língua ou idioma, bem assim, proceder as revisões de seus textos, segundo os padrões das normas de linguagens cultas, independentemente de autorização dos autores, atribuindo-lhes o crédito devido.

25- A inscrição e participação, no Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo implicam, desde logo, na aceitação de todas as normas e exigência regulamentares, condição a ser expressa em declaração constante do formulário de inscrição.

a. O descumprimento de qualquer das regras estabelecidas para o Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo, em especial as constantes deste Regulamento, implicará na imediata desclassificação do autor.

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

26- Caso algum dos autores premiados não possa comparecer à solenidade de entrega da premiação a ser realizada em São Paulo – SP, poderá designar bastante procurador para este ato ou solicitar que a entrega se dê em seu município de origem, por intermédio do Venerável Mestre de sua oficina.

27- Os autores respondem pessoal e individualmente pela originalidade e veracidade das opiniões e afirmações contidas nos seus respectivos trabalhos, isentando o Grande Oriente de São Paulo de qualquer responsabilidade, seja quanto à autoria ou opiniões.

28- Os casos omissos serão resolvidos pelo Grande Secretário de Cultura e Educação do Grande Oriente de São Paulo, tendo por base a legislação profana e maçônica e os objetivos e regras gerais do Concurso de Monografias Maçônicas do Grande Oriente de São Paulo.

O Grande Secretário de Cultura e Educação Maçônicas – GOSP

Valter Sergio de Abreu

Assessor Especial de Pesquisas – GSCEM – GOSP

Marcelo Januzzi Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: